DIFERENÇAS ENTRE RUGAS E LINHAS DE EXPRESSÃO: VOCÊ SABE QUAIS SÃO?

DIFERENÇAS ENTRE RUGAS E LINHAS DE EXPRESSÃO: VOCÊ SABE QUAIS SÃO?

MAIS INSPIRAÇÕES
Você conhece a diferença entre rugas e linhas de expressão? Descubra! (Foto: Shutterstock)

Na hora de cuidar da beleza, você segue uma rotina impecável, sempre limpa, hidrata e protege o rosto, mas mesmo assim nota que a sua pele não é mais como era? Com o passar do tempo, é inevitável que comecem a aparecer os primeiros sinais do envelhecimento. Com certeza já reparou que, além das manchas e da falta de viço, outras imperfeições, como rugas e linhas de expressão, também começam a ficar mais evidentes com a idade. Mas você sabe o que define cada uma dessas marcas e quais as diferenças entre uma e outra? Esclareça todas as suas dúvidas e aprenda a melhor forma de prevenir e combater as já existentes!

Leia também: Skin renov Anvisa

LINHAS DE EXPRESSÃO SÃO CAUSADAS APENAS PELOS MOVIMENTOS DO ROSTO
O que são as linhas de expressão e porque acontecem?

As chamadas linhas de expressão podem aparecer mais cedo, como aos 20 anos, precisamente nos locais em que o rosto é mais expressivo, como ao redor da boca, testa e olhos. Com o tempo, e com a progressiva perda de colágeno e elastina – responsáveis pela sustentação da pele -, elas vão ficando cada vez mais profundas. O efeito de “pé de galinha” e o “bigode chinês” são dois tipos de linhas de expressão muito comuns, que podem se agravar com hábitos como exposição solar desprotegida, cigarro e álcool.

Como combater?

Para evitar o aprofundamento das linhas de expressão, é essencial usar um protetor solar ou creme anti-rugas com FPS todos os dias, para proteger o colágeno dos radicais livres. Além disso, vale investir num cuidado reparador que também estimule a produção de novas células de colágeno, e ainda renove a superfície da pele com ingredientes micro-esfoliantes para alisar as primeiras linhas e deixar a textura mais uniforme.

AS RUGAS PODEM SER ELÁSTICAS PERMANENTES OU GRAVITACIONAIS
O que são e porque acontecem?

Quando se fala de rugas, é porque o problema já é um pouco mais avançado. Existem dois tipos principais: as elásticas permanentes e as gravitacionais, e as causas para cada uma são diferentes. As primeiras acontecem por conta do envelhecimento genético, e podem ser agravadas pela exposição solar ao longo da vida, surgindo principalmente nas bochechas, lábio superior e pescoço. As segundas são inevitáveis e aparecem nas laterais do rosto, especialmente nas donas de pele seca, que é mais fina, sendo causadas pelo do impacto da gravidade na pele.

Leia também: Creme para rugas funciona

Como combater?

Para ambos os casos, é importante investir num creme anti-idade com ativos rejuvenescedores que combatam a flacidez, estimulando a produção de colágeno e elastina, prevenindo o aprofundamento dessas marcas e combatendo outras futuras. A proteção solar elevada também é muito importante. No caso das gravitacionais mais avançadas, a solução são os liftings cirúrgicos, mas podem ser atenuadas com ingredientes anti-envelhecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *